Marrecos…

Um marreco ia a atravessar um cemitério para chegar mais depressa à tasca lá do bairro, quando ouve uma voz cavernosa:
– O que é que levas aí às costas?
– Quem? Eu? – respondeu o marreco aterrorizado…
– Sim! Tu!
– É… é… é uma marreca. – respondeu ainda atordoado.
– Então dá cá isso! – disse a voz.
E, como que por milagre, a marreca desapareceu.
O gajo chegou à tasca exultante e contou a todos o que se tinha passado. Um coxo que estava a ouvir, pensou: “Eh lá, e se o gajo me curasse? Vou atravessar o cemitério!”
Se bem o pensou, melhor o fez. Quando ia a meio do cemitério, ouviu a mesma voz:
– O que é que levas aí às costas?
– Às costas? – respondeu intrigado. – Às costas não levo nada!
– Então toma lá uma marreca!

~ por warrocks em Outubro 5, 2007.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: